Cartas para Paulo


Realizada desde 2011, por iniciativa da Escola de Políticas Públicas e Cidadania Ativa [EPUCA], a Semana Freiriana do Cariri terá sua sétima edição no período de 12 a 19 de setembro deste ano. Será a primeira vez que o evento acontecerá no formato totalmente virtual, com a programação sendo dedicada à celebração do centenário de nascimento do educador Paulo Freire, inspiração e ponto de confluência do projeto desde a primeira edição.


A agenda do sábado [18/9], véspera do aniversário de Paulo Freire, “será pra lá de especial”, como explica a educadora Mabell Sales, da comissão organizadora do evento. Durante os meses que antecederão a realização da sétima edição da Semana Freiriana do Cariri, pessoas de qualquer parte do planeta serão estimuladas a escrever suas cartas para Paulo.


Cartas como a que a professora e escritora Luana Tolentino publicou na CartaCapital em agosto de 2020. Ou a que foi escrita pelo educador e gestor social Joelmir Pinho, publicada em seu blog em setembro de 2014. Como declarou Luana em sua carta para Paulo Freire, referindo-se ao livro Pedagogia do Oprimido [1968], que acabara de reler, “Como é bom tê-lo como mestre. O livro me fez rever a minha caminhada como professora da Educação Básica em bairros pobres da região metropolitana de Belo Horizonte. Bairros que lembram muito a periferia do seu Recife”.


E você? O que gostaria de dizer para Paulo Freire, no centenário de seu nascimento? Pode ser uma carta falando sobre como o legado de Freire marcou ou marca sua vida como educador ou educadora, como militante político e social ou como estudante, por exemplo. Pode ser uma carta contando para Paulo sobre os desafios atuais para a educação, a democracia e os direitos humanos. Enfim, a carta é sua e só você sabe o que gostaria de escrever para Paulo Freire, como forma de lembrar e celebrar o seu legado.


De acordo com Mabell Sales, a comissão organizadora da Semana irá selecionar algumas das cartas escritas e as pessoas autoras serão convidadas a participar de uma roda de conversa virtual em que essas cartas serão lidas e refletidas coletivamente. O comitê gestor da EPUCA avalia também a possiblidade de publicação posterior das cartas recebidas, através do selo editorial IbiKariri.


Para participar da iniciativa basta enviar sua carta para o e-mail ascom.epuca@gmail.com com o assunto “Cartas para Paulo”.

80 visualizações0 comentário